Morangos com Açúcar

2007-03-16

Rodrigo ameaça Jota

Rui vai pedir satisfações a Adriana por a estar a trair com David e os dois começam a insultar-se e vão ficando cada vez mais próximos até que não aguentam e começam a beijar-se apaixonadamente. Depois de uns instantes começa novamente a provocar-se um ao outro e separam-se novamente zangados.
Hugo vai ver Luz treinar mas ela cai sempre que tenta fazer um salto mais complicado. Desanimada, ela acaba por se convencer a desistir e diz que fica assim por causa dos nervos.
Sofia conta a Filipa que esteve uma mulher na Blackout que é dona de uma cadeia de lojas e quer falar com ela porque gostou muito das roupas que Filipa desenha. Feliz, Graça dá os parabéns à filha.
Duarte telefona para o caçador de talentos e diz que aceita o patrocínio.
O dia das eleições da AE chegou e Rui chegou cedo, tal como Adriana e os dois começam a desafiar-se novamente.
No átrio do colégio da Barra a votação decorre com as duas listas confiantes que vão ganhar e trocam palavras de provocação.
Luz coxeia um pouco por causa de todas as quedas que deu a patinar e Hugo apoia-a dizendo que ela vai conseguir fazer a prova, mas durante os treinos Luz volta a cair no mesmo salto.
Quando Duarte vai votar, Natacha pergunta-lhe se vai aceitar o patrocínio do caçador de talentos e ele dá a entender que nem pensar.
Na sala dos professores, Vitória recebe um pedido de esclarecimentos da Direcção Regional de Educação de Lisboa, depois de uma queixa contra o Colégio e Ravina aponta o dedo à directora, dizendo que a culpa é dela.
Paulo entrega os testes, dizendo que os resultados são baixos e o mais baixo de todos é o 6 de Filipa.
O que vale é que Sofia tem boas notícias para Filipa diz-lhe que já marcou a reunião com a dona das lojas.
À tarde, quando Vitória não está, Ravina fala com os outros professores e começa a acusá-la de incompetência. Sem que ele se aperceba, Vitória entra a tempo de o ouvir dizer que ela quer acabar com o Colégio. Paulo faz sinais a Ravina para o avisar mas ele continua ainda mais inflamado e quando Paulo defende a directora, Ravina diz-lhe que ela o comprou e que os outros também têm que abrir os olhos senão ela também acaba por os comprar. Já irritada, Vitória intervém e diz que ele está a ser inconveniente. Quando vê Vitória, Ravina fica paralisado.
Já a sós com Ravina, Vitória diz-lhe que não pode admitir que tente pôr o corpo docente contra ela e ameaça despedi-lo. Para finalizar, Vitória diz a Ravina que já que ele se julga tão irrepreensível ela vai analisar a sua actuação como director e recorda-lhe que S. Rafael foi à falência sob a sua direcção.
Clara aparece no Colégio e vai falar com Margarida, dizendo-lhe que não aguenta mais sem saber se ela vai ou não ajudá-la a reconquistar a filha. Depois de a ouvir, Margarida concorda em ajudá-la.
Depois de ver pirataria por todo o lado, Jota vai à AE e diz a Rodrigo que ele tem que parar com aquilo. Rodrigo fica furioso e diz-lhe para não se meter porque ninguém tem nada com isso. Em resposta, Jota diz que o conselho executivo e a polícia têm muito a ver com a pirataria. Reagindo mal, Rodrigo agarra Jota pelos colarinhos e ameaça-o se ele o denunciar. Furioso, Jota diz que não lhe volta a tocar e não tem medo dele, e dá-lhe um murro. Quando Lucas, David e Ed, entram, encontram os dois à pancada e separam-nos.
Depois de Rodrigo sair, David diz a Jota que não percebe porque é que ele é tão inflexível em relação à pirataria.
Cada vez mais nervosos, Rui e Adriana trocam palavras de acusação e provocação junto das mesas de voto.
Na Blackout, Sofia recebe flores enviadas por Miguel a desculpar-se por ter exagerado no dia anterior.
Filipa está radiante porque a entrevista com a dona da cadeia de lojas correu muito bem e já está contratada para desenhar uma colecção de roupa a ser distribuída pelos principais pontos do país.
Fonte: TVI

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial