Morangos com Açúcar

2007-02-15

Paulo e Manuel Teixeira em Morangos Com Açúcar



Idade: 18 Anos

Signo: peixes. Fazemos anos a 18 de Março

Clube: Como árbitros não temos preferência clubistica.

Mulher de Sonho: P. e M.: Acima de tudo verdadeira. Fisicamente, a vocalista das Pussy Cat Dolls.

A maior loucura que já fizeram: Talvez o juntarmo-nos aos árbitros mas também o que seria um homem sem uma certa loucura?

Muito cúmplices, Manuel e Paulo Teixeira são a prova de que há dias de sorte. Sem que nada o fizesse prever, um dia os gémeos vieram do Barreiro, fizeram um casting e entraram para a série que já acompanhavam pela televisão.

O que faziam antes de entrarem para os Morangos?
P.: Éramos manequins, fazíamos trabalhos de moda e estudávamos, como continuamos a fazer. Estamos a tirar o 12º ano, a fazer melhoria de nota a matemática. Queremos entrar para a Força Aérea.

Vestem personagens pouco simpáticas…
M.: Eles não são maus. Infelizmente, tanto o Ted como o Lúcio são um pouco influenciáveis, mas são “superboas pessoas”. Apenastêm vontade de ser alguém e juntam-se ao presidente da Associação de Estudantes, que não é das melhores ingluencias que há. Ele vai levar-nos para maus caminhos.

Em que se identificam com as persoagens?
Só na idade e na escolaridade, já que eles também frequentam o 12º ano. Porém, na ambição de serem alguém somos muito diferentes. Seríamos incapazes de passar por cima dos outros.

Como reagiram os amigos e a família a esta participação?
M.: Ficaram surpresos e contentes. Os nossos pais aceitaram bem a noticia, desde que desse para conciliar com os estudos, que neste caso dá.

Como foi o encontro com as gémeas?
P.: Foi engraçado, porque elas já tinham semelhanças comnosco. Agora já sei que as perguntas que nos fazem também as fazem a os outros gémeos. Consegui distinguilas desdo primeiro dia.

São comprometidos?
P.: Eu não tenho namorada nem estou comprometido com ninguém.
M.: Eu também não estou.

No elenco há alguém que já tenha despertado atenções especiais?
M.: Não. Acima de tudo, somos profissionais e, por isso, não vamos por esses caminhos, mas elas são todas muito bonitas.
P.: Discordo. Não deixaríamos de ser profissionais se nos envolvêssemos com alguém. Era só saber separar as coisas.

Costumam ter o mesmo gosto nas mulheres?
P.: Sim. Muito semelhante. Se bem que, por vezes, eu prefiro as morenas e ele as loiras.

Como decidem quem vai á luta?
P.: Quando gostamos da mesma mulher vamos os dois à luta.

Já aconteceu trocarem de namoradas?
M.: Até agora não.

E elas enganarem-se e beijarem o irmão errado?
P.:Aconteceu uma situação em que o Manuel estava de costas e ela agarrou-se a ele pensando que era eu.

Estão preparados para o assédio das fãs?
M.: espero bem que sim.
P.: Ainda ninguém nos explicou como vai ser. Já me pediram autógrafos e não foi assim tão mau.

Consideram-se bonitos?
P.: Não sou nem bonito nem feito, estou no meio da tabela.
M.: Cada pessoa tem a sua beleza própria, interior e exterior.

A beleza ajudou no casting?
M.: Pode ter ajudado, mas acredito que nos escolheram pela maneira como representamos.

Entretanto, além das gravações, vocês são árbitros de futebol. Como conseguem conciliar?
P.:Como os jogos são aos fins-de-semana e não gravamos ao domingo, conseguimos arbitrar todas as semanas.

Como é a vossa relação? Costumam estar sempre de acordo?
P.: é uma relação de cumplicidade e partilha. Nem sempre estamos de acordo, mas a maior parte das vezes temos a mesma linha de pensamento.
Fonte: ANA

Etiquetas: ,

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial